ESPANTA-ESPÍRITOS OU CAÇADOR DE SONHOS

Espanta espíritos e caçador de sonhos – são o mesmo?

Ambos são objetos que hoje em dia usamos na decoração das nossas casas mas aos quais atribuimos significados de proteção, harmonia e bem estar. Parecem semelhantes pois ambos se penduram e deixam-se fluir no ar, mas têm “sons” diferentes e é-lhes atribuido significados diferentes. Para quem acredita, as suas funções são diferentes.

Espanta-Espíritos: o que são e para que servem

Os Espanta-Espíritos têm nomes como sinos de vento, sinos da felicidade, mensageiro do vento ou carrilhão de vento e são um objeto normalmente constituído por tubos de metal, bambu, pedras cerâmica, madre-pérola ou até conchas e madeiras, suspensos por fios que produzem som através da ação do vento.

Tal como indica s seu nome, permitem afastar os chamados “Espíritos errantes” que têm más intenções ou se “alimentam” da energia humana. Crê-se que, pela vibração do som que produzem, atraem as energias positivas, as energias protetoras, a harmonia e a alegria.

As  vibrações que produzem viajam pela casa e exercem um efeito curativo sobre as energias estagnadas e menos luminosas.

Calcula-se que os primeiros sinos de vento tenham surgido por volta de 1100 aC na China para fins religiosos. Tratava-se de um sino de metal sem badalo chamado Yong zhong, feito por artesãos qualificados e usado principalmente em cerimônias religiosas.

Posteriormente, os chineses criaram o Feng Ling. Os Feng Lings eram pendurados em templos e pagodas para afastar os maus espíritos e atrair felicidade e sorte às pessoas que frequentavam o local. O costume também se estendeu à aristocracia japonesa, que passou a pendurá-los nas suas varandas,

Existem relatos que dizem que tilintavam mesmo sem vento ou correntes de ar e, que essa vibração natural, era suficiente para fazer com que essas energias menos boas não permanecessem naquele local.

Para o Feng Shui, servem para harmonizar, equilibram o ritmo das energias do ambiente, limpam as energias ruins, relaxam e embelezam.

Recomenda-se colocar na entrada de casa e na entrada dos quartos para proteção enquanto se dorme.

Dreamcatchers: o que são e para que servem

Apanhadores de sonhos, caçadores de sonhos ou até catasonhos (em inglês Dreamcatcher) é um amuleto da cultura indígena na tribo norte-americana Ojibwa (ou Chippewa) que acreditava que os sonhos e os pesadelos tinham papel essencial nas nossas vidas. Para eles, ao anoitecer, a atmosfera era invadida por sonhos. Os bons representavam uma mensagem importante dos Grandes Espíritos para nós, a qual deveria ser interpretada. Já os pesadelos traziam energias negativas e podiam fazer mal. O Dreamcatcher foi criado justamente para dissipar essas energias intrusas.

São objetos formados por um círculo com vários fios entrelaçados no seu interior, formando uma espécie de teia de aranha com uma abertura circular no meio. Penduradas a ele, há algumas penas, que também estão ali por motivos especiais.

Círculo  – originalmente feito de vara de salgueiro-chorão revestido com tiras de couro, o elemento principal do Filtro dos Sonhos simboliza o círculo da vida, da eternidade e, também, o sol.

Teia –  representa a alma, o livre arbítrio, as nossas escolhas, as nossas relações interpessoais, o caminho.

Centro – simboliza a força do universo, o princípio criador, o nosso eu.

Penas – correspondem ao ar ou respiração, dois elementos essenciais para toda a vida. Se a pena for de coruja fêmea, simboliza a sabedoria. Se for de uma águia macho, representa a coragem.

Além destes símbolos, também podem ser adicionados ao Filtro dos Sonhos outros objetos com significados pessoais, o que dá ao amuleto uma característica mais individual.

A ideia original do Filtro dos Sonhos é pendurá-lo em um local onde bata o sol e em cima das camas de cada lar. O amuleto de proteção fará com que os sonhos ruins que invadem a casa durante a noite sejam presos (apanhados) até o nascer do sol, momento em que serão destruídos pela luz do dia na manhã do dia seguinte.

Decore o seu espaço com Dreamcatchers e Sinos de Vento

Estes filtros de sonhos está cada vez mais presente na decoração, proporcionando um toque místico ao ambiente. Porém, poucos sabem que esse ornamento também tem finalidade e significado especiais.
O filtro dos sonhos é formado por um aro em forma de teia de aranha assimétrica, penas, missangas e outras miudezas de significado particular. Segundo a lenda, esses instrumentos devem ser colocados próximos à cama, em um local em que a luz bata pela manhã, pois é ela que extingue os sonhos indesejáveis.

Não há um padrão quanto à cor e à forma desse artigo. Por esse motivo, há uma grande diversidade de modelos, que podem ser facilmente encontrados em lojas de produtos esotéricos.

Também tem uma opção decorativa de quadros com desenhos de dreamcatchers!

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.